terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Em tempos de Carnaval


Mais uma vez o país vive uma das épocas mais festivas do ano, o Carnaval movimenta vários setores da economia, mas por sua voz acaba por paralisar outros, mas não é isso o mais importante a se abordar,as campanhas para o uso da camisinha e da modelação em relação as bebidas alcoólicas nas são a toa, durante todo o Carnaval, o Sexo, a bebida e as drogas acabam predominando nos mais diferentes lugares e tipos de festas por todo o Brasil. E nós como servos de Deus, o que temos feito nesta época? 

Há quem precisa se isolar em retiros espirituais e encontros religiosos, bem longe da folia, outros entendem que é uma oportunidade para evangelizar também. Independente da preferência de ação no carnaval, nos Cristãos, devemos ter em mente a necessidade de, quer estejamos reunidos para adorar e aprender da palavra ou evangelizando nesta época, precisamos orar pelo nosso país que regista como resultado depois desde movimentado feriado, relatórios que apontam mortes nas estradas, violência fruto do consumo de bebidas alcoólicas, o aumento do número de casos de doenças sexualmente transmissíveis, entre outros fatores negativos que tem como maiores vítimas os jovens.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Aprendendo com as pessoas ao nosso redor

Existem pessoas que crescem mas, acabam por permanecerem com atitudes infantis, crianças com corpo de adulto. Quando pessoas se afastam da gente sempre pelos mesmos motivos, algo está errado, talvez o problema não esteja nelas, mas em nós mesmos.
Nas nossas relações precisamos mostrar aquilo que temos de melhor, com o objetivo de aproximar as pessoas de nos. É fundamental que nossas virtudes sejam predominantes e maiores que nossos defeitos.
Recentemente me aproximei de um jovem senhor que já conhecia de vista, de Facebook, mas que pouco falava. Começamos a trabalhar juntos e senti naquela pessoa uma facilidade enorme de falar de desafetos, pessoas que ele queria distância, pessoas que segundo ele de alguma forma o prejudicaram ou queriam tomar vantagem em algo.
Começamos a trabalhar, foram 2 meses ouvindo as mesmas histórias, com personagens diferentes, e logo um outro colega de trabalho se tornou mais um personagem dessas histórias. Eu estava percebendo tudo, preferi me afastar, observar de longe, não dá razão pra nenhuma das partes ou tecer comentários ou opinião. Mas percebi que aquele jovem senhor tem problemas sérios de maturidade, no fundo eu sabia que ele estava errado. E depois comecei e questionar todas aquelas histórias que ele me contava de desafetos e percebi que tudo aquilo eram histórias mal com todas, sempre puxando a sardinha para o lado dele. No fundo somos assim, tentamos ter razão em tudo. O Espírito Santo de Deus nos envolve e mostra sempre caminhos de perceber a nossa condição individual muitas vezes errado. Admitir isso em nossas vidas, sim é o problema. Ter o costume de vestir a carapuça e dar razão as outras pessoas. Nas nossas relações precisamos ceder, admitir também quando estamos errados e tentar fazer das pessoas ao nosso redor um referencial de comportamento do que devemos e não devemos ser. Seguir os bons exemplos e aprender com os que caminham corretamente. Só assim podemos perceber que não somos crianças, que o acúmulo dessas experiências nos fazem amadurecer e tornamos pessoas melhores.

Posted via Blogaway

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Igreja Batista da Lagoinha completa 55 anos


No último dia 20 a Igreja Batista da Lagoinha completou 55 anos de trabalhos.
Inaugurada em 20 de dezembro 1957, a igreja mineira representa hoje uma das maiores igrejas do Brasil tendo em sua sede 53.429 membros. 

Liderada pelo pastor Márcio Valadão há 30 anos, a IBL tem se destacado e crescido na cidade de Belo Horizonte, tanto que um dos projetos da denominação é a construção de uma sede que comporte 35 mil pessoas por culto.

Ao comemorar a data, a equipe de comunicação da IBL cita que há centenas de motivos para agradecer a Deus pelo ministério. “Podemos louvá-lo pelas milhares de vidas que estão integradas no dia a dia da igreja. Agradecê-lo pelos trabalhos evangelísticos realizados em praças, casas e ruas”, diz o texto.

Os trabalhos sociais da igreja tem se destacado na capital mineira, entre eles o serviço de apoio a detentos, o resgate de prostitutas que desejam se reintegrar à sociedade e muitos outros.

“Os motivos para agradecer não acabam. Porque nada do que fazemos e vivemos na Lagoinha seria possível se não fosse o Senhor agindo em cada momento. Temos paz, pois entendemos que tudo vem Dele e tudo é para Ele, até mesmo o nosso desejo de adorá-lo”.

Por falar em adoração, o ministério de louvor da igreja é o que mais se destaca, liderados por Ana Paula Valadão, o Diante do Trono tem feito com que a IBL seja reconhecida mundialmente. 



Fonte: Gospel Prime

O que resta é Adorar


As vezes me pergunto porque devemos passar por certos momentos ou situações,mas ao mesmo tempo vem o pensamento de que devemos estar preparados pra tudo,seja aquilo que julgamos bom ou ruim,problemas financeiros,de relacionamento ou mesmo espirituais nus fazem muitas vezes experimentar-mos sentimentos ocultos ou mesmo desconhecidos até então,uma sensação de de vazio... Mas como vazio? Se temos o Espirito Santo de Deus,será que o que sentimos á um vazio?, com certeza não,este sentimento e de presenciarmos o deserto, não sozinhos ou não sem Deus,mas situações provocadas por nós mesmo ou permitida com ele,quando o sentimento humano faz com que nos sentimos fracos e sem saber o que fazer.Ai percebemos que não ha vazio,ou nada ha fazer,é exatamente nesse momento que precisamos fazer o que muitas vezes esquecemos,e talvez por tanto esquecimento nus faz distanciar da presença do Senhor e acordarmos nesse cenário. Adorar a Deus,reconhecer a soberania dele,que apesar do momento difícil que passamos,seja por que motivo ou qual origem seja,ele sempre está no comendo e sempre é a grande solução e socorro,quando o nosso limite chega, se inicia o milagre de Deus,  que também se inicia pelo momento de adoração,de humilhação,de louvor ao que é digno,louvado seja Deus porque em meio a tantos problemas,o fim de tudo é adorar e começar a contemplar o milagre que vem através do louvor.

domingo, 10 de junho de 2012

Plol-Planeta Online

Depois de alguns meses sem escrever ,algumas pessoas,amigos e irmãos já me cobravam alguma coisa,não poderia recomeçar se não anunciando o que hoje já é uma realidade,o Plol ( Planeta Online) www.plol.com.br,essa é a minha nova criação,meu novo bichinho de estimação,mais que isso um instrumento de Deus para edificação de vidas e no resgate de almas,sem dúvida eu me apaixonei pela publicidade depois de ter passado pela gerência operacional da Prisma Comunicação Visual,agradeço a Deus pelas vidas do Elton Braga e pela Dra. Silvia Randel, criei o Planeta Pará em agosto de 2011,mas Deus já havia me cobrado algo direcionado ao público evangélico,o Plol na verdade seria um outro nome dado ao Planeta Pará,para tirar a identidade paraense pra uma rede social nacional,mas isso já era uma pretensão muito grande da minha parte,o planeta Pará continuou sendo o Planeta Pará,a Rede Social dos Paraenses e o Plol-Planeta Online a Rede Social do Povo de Deus,e muitos me perguntam:Planeta? o que Planeta tem haver com rede social gospel? não seria melhor um outro nome,uma coisa mais dentro da realidade gospel? eu sempre respondo da mesma forma: " O Mundo jaz no maligno,mas o planeta é do Senhor Jesus" ,sendo assim o slogan do Plol acabou se afirmando e caindo no gosto de amigos ,irmãos e pastores daqui de Belém,e diferente da proposta do Planeta Pará o Plol já e visitado na prática por irmãos de todas as partes do Brasil,Homens e mulheres de Deus que tem interagido,postando fotos,vídeos,contando testemunhos e acima de tudo anunciando a poderosa palavra de Deus,fica desde já o meus convite aos meus amados irmãos,de belém,do pará e de todo Brasil,acessem www.plol.com.br a Rede Social do Povo de Deus.

domingo, 22 de janeiro de 2012

“Conceder espaço de forma gratuita geraria prejuízo à Record”, explica Igreja Universal sobre motivo de pagar pelos programas exibidos na emissora do bispo Macedo


A Igreja Universal do Reino de Deus divulgou em um artigo publicado no site Arca Universal uma resposta às perguntas de internautas que questionam o motivo de a exibição dos programas da IURD pela TV Record não ser gratuita.

No texto, a igreja afirma que a única ligação entre a igreja e a emissora é o fato de o bispo Edir Macedo ser o principal acionista da emissora: “A ligação entre a IURD e a Record ocorre pelo fato de o líder espiritual da Igreja, o bispo Edir Macedo, ser o sócio majoritário da emissora, somente isso. Conceder espaço em sua programação, de forma gratuita, para quem quer que seja, geraria prejuízo à Record, o que poderia impactar na administração da empresa”.

Com o objetivo de evitar confusão fiscal e jurídica, existe a cobrança pelos horários utilizados pela igreja: “se tal mistura existisse, seria considerada ilícita, isto é, contrária à lei. Como a Igreja Universal trabalha de forma totalmente lícita, é necessário atender o que a legislação determina, de modo que é preciso ter um contrato de locação com a Rede Record, pagar os preços de mercado pela transmissão da programação e contabilizar tudo isso, a fim de fazer tudo dentro da lei”.

O artigo ainda explica que a produção dos programas exibidos é feita pela própria igreja, que exibe os programas através da Record: “Ainda esclarecendo, a IURD é quem produz seus programas e apenas compra o espaço televisivo para a transmissão. Contudo, a transmissão, que é feita pela Record, gera gastos que devem ser suportados pela emissora”.

Anteriormente, especialistas em televisão levantaram suspeitas sobre os valores cobrados pela Record para exibição dos programas da Igreja Universal. Entre os boatos, havia dúvida se os valores não estariam sendo superfaturados.

Fonte: Gospel+

Deputado pastor Marco Feliciano anuncia que pedirá a retirada do BBB 12 do ar: “Lixo. Derrota Moral”


O pastor Marco Feliciano utilizou o seu perfil no Twitter para tecer uma crítica social ao país e aos recentes acontecimentos do Big Brother Brasil, em que o participante Daniel Echaniz foi eliminado por suspeita de estupro após uma festa promovida pelo reality show.

O deputado aproveitou o espaço e afirmou que após o fim do recesso parlamentar irá pedir a retirada do BBB 12 do ar: “Assim q Terminar o recesso farei isso, com indignação e veemência amigo, pode aguardar!”, afirma. Marco Feliciano também aproveitou para reclamar dos patrocinadores do reality show que segundo eles debocham de programas sérios que pedem apoio: “Os patrocinadores do lixo BBB debocham qdo um programa serio pedem apoio. Resposta deles: isso não vende!”, disse.

Em outra mensagem no Twitter, Feliciano se refere ao debate sobre a descriminalização das drogas e do aborto, como indícios de “ruína”. Para o pastor, essas coisas são capítulos de uma “derrota moral” do povo: “A ruína de um povo começa assim: Estupro na TV BBB, desejo de descriminalizar o aborto, as drogas. Derrota moral”.

A polícia e da direção do Big Brother Brasil 12 afirmaram que não houve estupro, segundo eles ambos os envolvidos no caso negaram ter mantido relações sexuais e que as cenas de carícia íntimas foram consensuais.

O Ministério das Comunicações também anunciou que abriu investigações contra o BBB 12 devido a polêmica do suposto estupro. Caso seja comprovado que houve “contrangimento ao telespectador”, de acordo com o Ministério, o programa poderá ser multado e retirado do ar.

Fonte: Gospel+