domingo, 22 de janeiro de 2012

Google é acusado de esconder o número da besta na logo de seu navegador como mensagem subliminar



Desde que se consolidou no mercado o Google recebe acusações de invasão de privacidade e controle sobre a vida de seus usuários.

A grande acusação que recai sobre o Google é que sobreviver de publicidade, a empresa tem o hábito de rastrear o conteúdo pessoal dos usuários para lhes apresentar comerciais com maior potencial de interesse. De certa forma monitora tudo o que uma pessoa faz online e armazena essas informações, como comentários na internet, em redes sociais e, em especial, os e-mails.

Sempre estão surgindo teorias que procuram mostrar como os seres humanos serão controlados pelos computadores por causa da crescente dependência de tecnologia. E recentemente sites e fóruns evangélicos trouxeram a discussão sobre mensagens subliminares nos produtos da empresa. Uma delas tenta provar que existe um “666” escondido no logo do Chrome.

Por causa da passagem presente no capítulo 13 do livro bíblico de Apocalipse o número é associado à besta, ou a uma nova ordem mundial.

Nenhum comentário: